Dr Marcos Rauldo PSOL quer saber, você aprova a extensão do Metro Capão Redondo ao Jd. Angela?

terça-feira, 10 de maio de 2011

R$8.000.000,00 GASTOS COM REFORMA A ESCOLA CAFÉ FILHO CONTINUA DEIXANDO AS CRIANÇAS SENTADAS NO CHÃO?



A escola Café Filho no Capão Redondo, iniciou as aulas em 2010 com as crianças da primeira série do ensino fundamental sentadas no chão, esse absurdo foi flagrado pela mandato do Deputado Estadual Gianassi do PSOL.


Sengundo informações, foram gastos R$ 8.000.000,00(oito milhões de reais) na obra da reforma da escola acima citada e nossas crianças e professores são tratados dessa maneira.


É por esses motivos e outros que em pleno século XXI na Cidade e no Estado mais rico do País, deparamos com crianças da 4ª e 5ª série do ensino fundamental com dificuldades de ler e escrever, ou seja, não foram alfabetizados no momento mais importante que é no inicio da vida estudantil, pois conforme especialistas em educação e neurolinguisticas as crianças entre 7 a 11 anos, deve ter uma atenção especial e um incentivo maior para o gosto de leitura e alfabetização, caso contrário é o que está ocorrendo.


Assim, resta claro e evidente o descaso com a educação no nosso Estado sendo que o Governador na campanha eleitoral de 2010 afirmou em rede nacional que a educação é de primeiro mundo, e como vemos na realidade é outra.


A educação é o alicerce e o único caminho para ancessão social e para formarmos líderes, um país só é lider quando temos líderes, e só formamos líderes com esduação de qualidade.


Não podemos admitir que a educação seja tratada dessa maneira pelo Governo atual, sendo que o Professor deve ser valorizado, pois para mim é a melhor profissão do mundo, pois através do professor é que forma outros profissionais, portanto deve ser valorizado, além de priorizar a qualidade de ensino de nossas crianças em tempo integral o que acarreta investimentos.


Nós faremos o que for necessário para que a população lute pela educação de qualidadepara que possamos ser um país de líderes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário